Bem vindos!

...............
Mensagens




Aquarela

Eu vi os sonhos pincelados em cores vibrantes
pude ler nas linhas e cores passado e futuro
me perdi na interpretação do presente...

Vi estradas percorridas nas cores do esquecimento
e tanta firmeza nos rascunho de novos itinerários
Daquilo que não entendi... 

(Foi culpa das lágrimas que teimavam em embaçar o entender)
Sonhos... 
ilusórios planos que teci e colori na minha varanda
Eu sorria no embalar da rede fitando o luar, e tecendo, tecendo... 
ponto a ponto, cantar de pássaros, água cantando. 

O amar nas cores de tua tela
 as pinceladas e até as tintas de tua paleta 
essas coisas não sabem de mim
não não sabem... 

Quantas cores tem minha solidão?
Nem mesmo as cores do meu habitar... 

No amanhecer o sol rasga a cortina do meu quarto 
despertando os sonhos  que a lua e as estrelas 
de minha noite escura esbouçou 
saiba tu era o tema, vibrante e feliz! 

Tuas cores não se comparam as minhas aquarelas... 
(não  não)
Tuas linhas são retas, as minhas curvadas, submissas...
Eu prefiro a suavidade das nuances, ternas aconchegantes
o cintilar da paz, daquele sorriso que o gozo trás. 
Não Não, eu continuo discordando de tudo...

Não entendo, se o amar é tão agitado e tem gosto de sal
porque eu sinto doce o querer e meigo é meu amar?! 
Tudo desbotara um dia é essa a razão desta tela então! 

Valquíria Calado.

Nenhum comentário: