Bem vindos!

...............
Mensagens

Um pequeno apanhado da situação Brasileira pós tormenta.


 TEMOS NO OLHAR O VERDE DA ESPERANÇA DE DIAS MELHORES

O AMARELO, O BEM QUE PODEMOS DIVIDIR COM O IRMÃO

O AZUL CELESTE, PORQUE É PARA CIMA QUE DEVEMOS OLHAR

AS ESTRELAS DO CÉU BRILHARÁ NO OLHAR DOS  QUE TEM ESPERANÇA, 

DOS QUE RECEBEM O PÃO E OS TRANSFORMA EM ORAÇÃO.

Banco do Brasil e Caixa Econômica abrem contas para receber doações a vítimas das chuvas.

Extraído de: República Federativa do Brasil  -  13 de Janeiro de 2011
O Banco do Brasil (BB) abriu duas contas para doações aos atingidos pelas chuvas nos municípios de Teresópolis e Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. Os recursos recebidos serão administrados diretamente pelas prefeituras dos municípios. Os dados da conta corrente, em nome da Prefeitura de Teresópolis, são: agência 0741-2, conta-corrente 110000-9.
Já para ajudar às vítimas de Nova Friburgo os dados são: agência: 0335-2, conta-corrente:120.000-3. Os depósitos podem ser de qualquer valor e realizados de todas as regiões do Brasil e também do exterior.
A Caixa Econômica Federal (CEF) também abriu uma conta, em nome da Defesa Civil, para que brasileiros de todo o País possam ajudar os desabrigados das enchentes. Os dados da conta corrente são: agência 0199, conta-corrente: 2011-0, opção 006.
A Prefeitura de Teresópolis também abriu uma conta exclusiva para receber doações, com o nome de "SOS Teresópolis - Donativos", que está disponível na Agência 0741-2 do Banco do Brasil. O número da conta-corrente é 110.000-9. O CNPJ é: 29.138.369/0001-47.
Os desalojados precisam principalmente de alimentos, cobertores, colchonetes, roupas, água potável, sabonete, pasta de dente e fralda descartável. As contribuições também podem ser levadas direto ao Ginásio Pedrão, no centro da cidade de Teresópolis, na Rua Tenente Luiz Meirelles 211,onde as vítimas estão temporariamente abrigadas.
Em Petrópolis, foram montados três postos de doação: na Igreja Wesleyana, no Vale do Cuiabá; na Igreja de Santa Luzia, na Estrada das Arcas; e no centro de Petrópolis, na sede da Secretaria de Trabalho, na Rua Aureliano Coutinho.
No Rio de Janeiro, as unidades do Sesc Rio, Senac Rio e a sede do Sistema Fecomércio-RJ estão recebendo donativos paras as vítimas, como água mineral, alimentos não perecíveis, lençóis, toalhas, material de limpeza e de higiene pessoal e colchões.
Pontos de coleta do Sistema Fecomércio-RJ: Rua Marquês de Abrantes, 99, Flamengo, das 9h às 18h, de segunda a sexta; Unidades Sesc Rio: Copacabana, Rua Domingos Ferreira, 160; Tijuca, Rua Barão de Mesquita, 539; Ramos, Rua Teixeira Franco, 38; Madureira, Rua Ewbanck da Câmara , 90; São Gonçalo - Avenida Presidente Kennedy, 755; Niterói, Rua Padre Anchieta, 56, Centro; São João de Meriti, Avenida Automóvel Clube, 66 ; Nova Iguaçu, Rua Dom Adriano Hipólito, 10, em Moquetá; Teresópolis, Av. Delfim Moreira, 749, no Centro; No Quitandinha, em Petrópolis, Av. Joaquim Rolla, 2, coleta das 9h às 17h, de terça a domingo.
Unidades Senac Rio: Niterói, Rua Almirante Teffé, 680, Centro; Copacabana, Rua Pompeu Loureiro, 45; Marapendi, Av. das Américas, 3959, Barra da Tijuca; Faculdade Senac Rio, Rua Santa Luzia, 735, Centro e em Botafogo, na Rua Bambina, 107, coleta das 9h às 19h, de segunda a sexta. Aos sábados, das 9h às 12h.
A partir desta quinta-feira, todos os batalhões da Polícia Militar do Rio de Janeiro estão recebendo donativos para serem enviados à Região Serrana.
Ainda na cidade do Rio, a Cruz Vermelha está recebendo doações no piso de embarque inferior da Rodoviária Novo Rio, das 9h às 17h. E o Programa de Voluntariado do Viva Rio iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e mantimentos para a região serrana do estado, especialmente Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Para ajudar, basta fazer a doação na sede do Viva Rio, na Rua do Russel, 76, Glória ou através de depósito bancário na conta do Viva Rio, no Banco do Brasil, agência 1769-8, conta-corrente 411396-9 e CNPJ:00343941/0001-28. Para mais informações, ligar para o Viva Rio pelos telefones: (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785.
Autor: Banco do BrasilCaixa EconômicaViva RioAgência Brasil
 NO CORAÇÃO DE TODO BRASILEIRO, A DOR, 
O LAMENTO DE UM IRMÃO.
As familias, aos que tudo perderam, aos que se foram em águas barrentas  do descuido, aos que ficaram de mãos vazias, aos que choram suas perdas, e aos que precisa de força pra prosseguir, minhas preces, meu carinho, JESUS AMA VOCÊS! 

*Chegou a 635 (crescendo infelizmente) o número de mortos na tragédia da região serrana do Rio.

.Brasil
  
Governo Dilma 
 divulga providências após chuva


Além dos R$ 100 milhões que o Estado recebeu, estrutura de socorro tem sido providenciada




O governo federal publicou nesta segunda-feira (17), no portal da Presidência da República, a lista de providências para ajudar as famílias atingidas pelas chuvas no Rio de Janeiro. Além dos R$ 100 milhões repassados ao governo do Estado e às prefeituras das cidades atingidas pelas chuvas, 586 militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica foram destacados para atuar no socorro às vítimas. Também foram deslocados das Forças Armadas 12 helicópteros, 74 viaturas, duas retroescavadeiras, um hospital de campanha, três ambulâncias, uma viatura "Munk", um caminhão basculante, duas pás carregadeiras, um gerador e uma torre de iluminação.

De acordo com o levantamento, além da área militar, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome disponibilizou para a região 8 mil cestas de alimentos. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), do Ministério da Agricultura, encaminhou 44 toneladas de alimentos para Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo e Areal.

O Ministério da Saúde disponibilizou sete toneladas de medicamentos e insumos para atender 45 mil pessoas por um período de um mês, e 50 voluntários de seis hospitais federais do Rio de Janeiro estão atendendo nas regiões atingidas. Outros 300 profissionais de saúde estão de prontidão para atendimento hospitalar.

O Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, também colaborou, colocando à disposição da região 4 mil barracas de lona. A nota acrescenta que o governo federal continuará acompanhando a situação e dará total prioridade de atendimento à população.

6 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Valquiria! Passando para agradecer pela honrosa visita e o gentil comentário deixado com tão belas palavras. Estou retornando de um merecido descanso, e gostaria de continuar contando com a sua valiosa atenção e colaboração, para que possamos juntos caminhar e produzir durante todo o ano que se inicia. Muito obrigado de coração pela sua amizade.

Quanto ao post, uma bela forma de ajudar os nossos irmãos, vítimas da catástrofe do Rio. Aqui em Natal foram criados alguns postos para recebimento de doações. Lamento por todos, principalmente, pelos que se foram. Que DEUS os proteja.

Abraços, uma ótima semana pra ti e para os teus, e que DEUS nos abençoe a todos.

Furtado.

manuel marques disse...

Que tudo se recomponha,são os meus votos solidários para tanto sofrimento.

Beijo.

*Mi§§ §impatia* disse...

Mandou bem demais no post amiga...temos todos que nos unir.... e ajudar mesmo.
Boa semana, beijos.

Solange disse...

solidarizo-me com a dor dos meus irmãos cariocas..


Sol

Michelle Nazar disse...

Valquíria, querida. Achei fascinante sua visita no meu cantinho..Conheceste-me através da Sam, não?! Ela é uma amiga adorável, e você tem tudo para ser também, pois seu post tocou fundo no meu coração. Tenho uma seção no meu blog "Do Bem" onde divulgo campanhas sociais e/ou instituições que carecem de doações, então, acho excelente quando alguém, um verdadeiro ser HUMANO, faz um post consciente e brilhante como este seu querida! Vamos todos nos unir para amenizar esta dor irreparável para nosso país.. Beijos e parabéns pelo belo blog ;-)

Zil Mar disse...

Oi minha amiga querida...

Minha mais profunda admiração pela atitude...seu post é um chamado a VIDA!

bjOOOOO!


Zil