Bem vindos!

...............
Mensagens

Pedra chapéu de sol, única no mundo por suas dimensões, localizada em Cristalina-GO-Brasil. 100 toneladas em equilíbrio perfeito.
Fotos da net 
O Equilíbrio Humano
As nossas opiniões são apenas suplementos da nossa existência e na maneira de pensar de uma pessoa pode ver-se o que lhe falta. Os indivíduos mais frívolos são os que se têm a si mesmos em grande consideração, e as pessoas de maior qualidade são apreensivas. O homem de vícios é descarado e o virtuoso é tímido. Deste modo tudo se equilibra: cada um de nós quer ser completo ou, pelo menos, quer ver-se como tal.
Johann Wolfgang von Goethe, in "Máximas e Reflexões"

O Homem - Uma Mácula da Natureza

Existe no mundo apenas um ser mentiroso: o homem. Todos os outros seres são verdadeiros e sinceros, pois mostram-se abertamente como são e manifestam o que sentem. Uma expressão emblemática ou alegórica dessa diferença fundamental é o facto de que todos os animais andam com o seu aspecto natural, o que contribui bastante para a impressão agradável que se tem ao vê-los; especialmente quando se trata de animais livres, tal visão enche o meu coração de alegria. Em contrapartida, devido ao seu vestuário, o ser humano tornou-se uma caricatura, um monstro; o simples facto de vê-lo é ja algo de repugnante, que se destaca até pelo branco da sua pele, tão natural a ele, e pelas consequências repulsivas da sua alimentação à base de carne, que vai contra a natureza, bem como das bebidas alcoólicas, do tabaco, dos excessos e das doenças. Ele surge como uma mácula da natureza!
Arthur Schopenhauer, in "A Arte de Insultar"

O Mundo Real não Existe para o Homem Prático

Há duas maneiras de olhar as coisas, como há duas maneiras de as não olhar. Ou se olham pondo-nos de fora delas ou pondo-nos dentro delas. Só no segundo caso as vemos bem, porque só então nos vemos mal ou simplesmente nos perdemos a nós de vista. O primeiro ver é o do homem prático, o segundo, o do artista. Um e outro também divergem no modo de não ver as coisas. O primeiro porque simplesmente as não vê; o segundo porque não repara nelas. Ao contrário do que se supõe, o mundo real não existe para o homem prático: o que existe é a sua instrumentalização. Uma flor só lhe existe se a puser na lapela ou mesmo num jarro; como um pássaro só lhe é real se o tiver numa gaiola ou o comer frito.
Vergílio Ferreira, in "Conta-Corrente 2"

Conduta e Poesia

Quando o tempo nos vai comendo com o seu relâmpago quotidiano decisivo, as atitudes fundadas, as confianças, a fé cega se precipitam e a elevação do poeta tende a cair como o mais triste nácar cuspido, perguntamo-nos se já chegou a hora de envilecermos. A hora dolorosa de ver como o homem se sustém a puro dente, a puras unhas, a puros interesses. E como entram na casa da poesia os dentes e as unhas e os ramos da feroz árvore do ódio. É o poder da idade, ou proventura, a inércia que faz retroceder as frutas no próprio bordo do coração, ou talvez o «artístico» se apodere do poeta e, em vez do canto salobro que as ondas profundas devem fazer saltar, vemos cada dia o miserável ser humano defendendo o seu miserável tesouro de pessoa preferida?
Aí, o tempo avança com cinza, com ar e com água! A pedra que o lodo e a angústia morderam floresce com prontidão com estrondo de mar, e a pequena rosa regressa ao seu delicado túmulo de corola.
O tempo lava e desenvolve, ordena e continua.
E que fica então das pequenas podridões, das pequenas conspirações do silêncio, dos pequenos frios sujos da hostilidade? Nada, e na casa da poesia não permanece nada além do que foi escrito com sangue para ser escutado pelo sangue.
Pablo Neruda, in "Nasci para Nascer"

Vida dai-me 
a certeza que toquei
de forma tão delicada, 
em brisa mansa e suave.
Equilíbrio em luz e cor,
sutileza em vida e amor.
Saboreando mel, 
repulsando o fel.
Planando na conciencia
discernindo o tempo perdido
absorvendo o vivido
digerindo repudido.
Crescer, crescer
até os ramos incomodar
as podas reivindicar
e as ramas recrescer
e frutos dá.
Pra que assim,
cumprasse o destino 
de viver prum fim.
Valvesta

 



19 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Quanta sabedoria nesses pensamentos. Recebemos de Deus a inteligência, capacidade de discernimento e de sentimentos, mas sempre levamos para o lado mal das intenções. O problema do homem é o ego. O mundo só melhora quando conseguirtmos dominar o ego. Beijos,Val.

M. disse...

Bons os teus posts. Para pensar...O que eu mais gosto...

Comungo da opinião do Schopenhauer, esse misógeno...lol

E o poema é bonito.

Do chapéu: gostava de o por na cabeça de alguns...


Mas ilustra muito nem o texto que se lhe segue.

Parabens.

Daniel Costa disse...

Valquiria

Primeiro adorei ler os textos dos grandes pensadores que apresentas, no início do post.
Depois gostei imenso de teu poema, é belo como são todos os teus.
Beijos

lita duarte disse...

Oi, Valquíria.

Belo blog. Muito rico.

Bom final de semana.

Bjos.

Eduarda disse...

Valquiria,

Depois dos filósofos, um poema que transborda de vida.

amei1

bj

Isa Mar disse...

Ótima postagem, pra refletir mesmo!
Beijos pra ti e bom domingo!

Parole disse...

Gostei de conhecer o pensamento desses ilustres filósofos, mas o teu poema foi arrebatador.Lindo, delicado e cheio de vida.Parabéns!

Machado de Carlos disse...

Obrigado pelas suas belas mensagens! Nós precisamos de mensagens importantes assim!
Um belo final de semana para você!
Um Abraço!

teca disse...

Obrigada pela visita.
Que a humanidade se harmonize...

Um beijo carinhoso.

tossan® disse...

Lindíssima! Poesia Pura! Beijo

Vanessa Souza Moraes disse...

A ideia de viver para um fim é reconfortante.

http://vemcaluisa.blogspot.com/

Pena disse...

Deslumbrante e Simpática Amiga:
Um Post fabuloso sobre a Natureza Humana.
Quando diz:
"...O homem de vícios é descarado e o virtuoso é tímido. Deste modo tudo se equilibra: cada um de nós quer ser completo ou, pelo menos, quer ver-se como tal...."

Concordo em absoluto consigo.
Fez uma brilhante reflexão sobre uma Humanidade em que acredito de forma admirável e total.
Parabéns pela honra da sua amizade.
Abraço amigo a si e ao seu talento.
Com respeito imenso.
Sempre a estimá-la.
Apareça sempre. Será bem-vinda.
Com consideração enorme.

pena

MUITO OBRIGADO pela maravilhosa visita e pelo que lá deixou.
Gostei muito.
Bem-Haja.

Arnoldo Pimentel disse...

Maravilhosa postagem, muito intensa.Parabéns e um lindo domingo pra você,beijos.

Ingrid disse...

Valquiria amada,
sempre a encantar com teus versos..
e o tema escolhido é perfeito!
após a poda um renascer em vida!
beijos.

Cadinho RoCo disse...

Querendo ou não, enquanto vivos seguimos pelas trilhas da vida.
Cadinho RoCo

ღPat.ღ disse...

Mama Amada, sempre a nos surpreender com suas palavras de encanto.

Deixo sempre meu coração para si, mama querida, com todo Amor que lhe devoto...

Não te esqueço nunca!
beijos...

LAR DOCE LAR disse...

Valquiria, sempre obrigada pelas visitas nos meu cantinhos.
Adoro sua presença por lá.
Também gosto de vir por aqui.
O Hanukká leio sempre e me fortaleço nas palavras que lá encontro.
Abraços, amiga!

LAR DOCE LAR disse...

Valquiria, sempre obrigada pelas visitas nos meu cantinhos.
Adoro sua presença por lá.
Também gosto de vir por aqui.
O Hanukká leio sempre e me fortaleço nas palavras que lá encontro.
Abraços, amiga!

Shirley disse...

Parabéns!!! esse seu cantinho inspira, magia e amor. Adorei estar aqui.
Shirley