Bem vindos!

...............
Mensagens

COISAS DA MINHA TERRINHA.

 São João em Paulo Afonso

No próximo sábado, 25 de junho, o festejo junino de Paulo Afonso será transmitido ao vivo através do programa São João do Nordeste, da Rede Globo.

O São João teve início no dia 17 de junho, atraindo grande público ao Parque de Exposições Djalma Wanderley. O festejo, que também está sendo chamado de São João da família, tem como marco a Vila do Forró, com infraestrutura e programação para agradar diversas faixas etárias.

A Vila, que remete a um vilarejo típico do sertão, inicia a programação a partir das 18h, onde pais e crianças podem curtir a tradicional festa em um clima aconchegante. Barracas coloridas e uma decoração típica, através de elementos próprios dos festejos, como balões, cercas de madeira e bandeirolas presas a um mastro, embelezam ainda mais o cenário.
** O Clã Brasil se apresenta em Paulo Afonso na próxima quinta-feira (23), no Parque de Exposições. Veja abaixo um trecho do DVD do grupo!

 
UMA BAITA DICA DE SOM pra  curtiu ao vivo e de graça nesta quinta-feira (23) lá no Parque de Exposições.

Clã Brasil & Sivuca - Feira de Mangaio



Fumo de rolo arreio de cangalha
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Bolo de milho broa e cocada
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Pé de moleque, alecrim, canela
Moleque sai daqui me deixa trabalhar
E Zé saiu correndo pra feira de pássaros
E foi pássaro voando em todo lugar

Tinha uma vendinha no canto da rua
Onde o mangaieiro ia se animar
Tomar uma bicada com lambu assado
E olhar pra Maria do Joá

Tinha uma vendinha no canto da rua
Onde o mangaiero ia se animar
Tomar uma bicada com lambu assado
E olhar pra Maria do Joá

Cabresto de cavalo e rabichola
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Farinha rapadura e graviola
Eu tenho pra vender, quem quer comprar
Pavio de candeeiro panela de barro
Menino vou me embora tenho que voltar
Xaxar o meu roçado que nem boi de carro
Alpargata de arrasto não quer me levar

Porque tem um sanfoneiro no canto da rua
Fazendo floreio pra gente dançar
Tem o Zefa de purcina fazendo renda
E o ronco do fole sem parar

Mas é que tem um sanfoneiro no canto da rua
Fazendo floreio pra gente dançar
Tem o Zefa de purcina fazendo renda
E o ronco do fole sem parar .
.
OS TEMPOS MUDAM... MAS AS RAÍZES CULTURAIS DE UM POVO PRECISA SEREM PRESERVADAS, PRA QUE ESSE POVO TENHA IDENTIDADE.
RESGATEMOS POIS A CULTURA, O FORRÓ E A ORIGEM ALEGRE DAS FESTAS JUNINAS.

É como disse o saudoso Accioly Netto, um dos poucos e legítimos poetas do forró, na sua bela música 'A Natureza das Coisas': 'Se avexe não./ Amanhã pode acontecer tudo, inclusive nada./ A lagarta rasteja até o dia em que cria asas'. Embora quase tudo seja NADA no 'forró atual', ainda há gente que espera que a arte possa continuar criando ASAS.
(partes do texto tirado do blog circuito Paulo Fonso e e do site Bahia em foco)

3 comentários:

mfc disse...

Na minha terra festeja-se o S. Pedro!!

Boas festas de S. João para ti.

valquiria disse...

Olá amigo mfc, aqui tem pedro, antonio e joão, opovo arranja santo pra todas as festa, eu particularmente não vou a nenhuma, gosto de ver de longe, as coisas da nossa cultura, as antigas e folcloricas. Abraço. Boa semana.

helen ps disse...

Valquiria, gostei do seu texto. Uma das coisas que ainda pretendo fazer é conhecer as festas juninas do Nordeste. Vejo pela tv e me inundo com a alegria passada pelo povo dançando, cantando, celebrando. Um dia eu vou. E quero dançar e cantar também.

Abraços.

PAZ e LUZ