Bem vindos!

...............
Mensagens

Doce Natureza

A abelha sem ferrão produz um mel transparente, altamente nutritivo, de sabor suave e delicioso, trás propriedades terapêuticas, um achado da natureza, o diamante degustável.

Quais as propriedades (medicinais) 
do mel de abelhas sem ferrão?
1. As abelhas sem ferrão são os principais agentes polinizadores de várias plantas nativas. Preservar essas abelhas contribui, portanto, para conservar os mais diversos tipos de vegetação.

2. Há muitos agricultores utilizando as abelhas sem ferrão na polinização de culturas agrícolas tais como urucum, chuchu, camu-camu, carambola, coco-da-bahia e manga. Essa prática, amplamente usada com as abelhas do gênero Apis (conhecidas como abelhas africanizadas ou abelhas africanas) e Bombus(as mamangavas, também chamadas de mamangaba, mangangá, mangava, etc.), vem sendo utilizada até mesmo para cultivar morangos dentro de estufas.

3. O mel produzido pelas abelhas sem ferrão contém os nutrientes básicos necessários à saúde, como açúcares, proteínas, vitaminas e gordura. Esse mel possui, também, uma elevada atividade anti bacteriana e é tradicionalmente usado contra doenças pulmonares, resfriado, gripe, fraqueza e infecções de olhos em várias regiões do País.

4. Além de fonte de alimento e remédio, o mel produzido pelas abelhas sem ferrão representa, em algumas regiões, uma importante fonte de renda. Na Região Nordeste, onde a meliponicultura é mais praticada, são encontrados produtores (ou meliponicultores) com até 1.500 ninhos de abelhas, e que sobrevivem, basicamente, do comércio do mel. Alguns meliponicultores conseguem coletar de 5 a 8 litros de mel/colônia/ano, o que, segundo os especialistas na área, está muito abaixo do potencial de produção das abelhas sem ferrão. O preço, porém, é compensador. Um litro de mel de abelha sem ferrão é vendido por R$ 40,00 no Nordeste, podendo alcançar até R$ 100,00 na Região Sudeste do País( preços vistos a um ano atrás, quando postei o assunto, hoje reposto, por seu valor). Como os custos para a criação são baixos, a meliponicultura permite a produção de um alimento barato, com um forte apelo comercial.

5. São, de um modo geral, abelhas bastante dóceis e de fácil manejo. Por isso, dispensam o uso de roupas e equipamentos de proteção tais como macacão, luvas, máscaras e fumegadores, reduzindo os custos de sua criação e permitindo que essas abelhas sejam mantidas perto de residências e/ou de criações de animais domésticos. Além disso, por não exigir força física e/ou prolongada dedicação ao seu manejo, a criação de abelhas sem ferrão pode ser facilmente executada por jovens e idosos.



É o melhor e mais antigo adoçante ( esse mel pode ser usado pelos diabéticos) usado pelo homem, e o único adoçante que contém proteínas, vitaminas e sais minerais.O mel é o produto elaborado a partir do néctar das flores e de secreções de partes vivas das plantas, ou que ocorrem com elas, que depois de coletado pelas abelhas e misturado com substâncias específicas próprias, é manejado e transformado e depositado nos alvéolos da colméia para amadurecer. O mel possui propriedades imunológicas, anti-bactericidas, expectorantes, analgésicas, sedativas e hiposensibilizador 

A abelha que eu vi, sem ferrão, tinha uma coloração não amarela, mas cinza clarinho e preto, o mel mais liquido e transparente, linda, e pode ser criada nos quintais, por não oferecer nenhum perigo de ferroar.

Redescobrindo a natureza, reencontrando os remédios naturais, as bençãos que o Criador deixou de herança aos seus filhos.




6 comentários:

manuel marques disse...

"A abelha perto do monte, com fonte e casa abrigada, produz mel e cera dobrada"
(Provérbio)

Beijo meu.

Malu disse...

Amiga!
O Senhor Criador é sábio e a NATUREZA criada por ELE sempre se apresenta em plena sintonia com o UNIVERSO.
Ah!!! Se os HOMENS fossem assim...
Abraços e PAZ

Gisa disse...

Amo mel, amei o post.
Um grande bj querida amiga

Ingrid disse...

lindo post querida..
beijosss e uma semana de paz.

Edna Lima disse...

Belo post. Cultura é tudo de bom. Bjs. Edna.

Luís Coelho disse...

Bela postagem e muito elucidativa.

Parece-me ter lido em tempos que esta abelha não é boa vizinha das nossas colmeias tradicionais.

Aqui apenas se esclarece apenas o valor do mel e a manutenção destas colmeias.