Bem vindos!

...............
Mensagens



Amores de verão, vem como trovoadas repentinas desavisadas
chegam nos tomando a visão a consciência e a razão
escurece a vida, nela só enxergamos estrelas luas e paixão.

Como são perigosos os amores de verão
nos pega derrepente, nos embala em ventania
Faz no céu uma alegria, quando avistamos arco-íris
crepúsculos e auroras, lua e cometas aparecem toda hora.

Nos deixa dormindo acordada e nos faz sonhar todo tempo
dançamos em músicas suaves e choramos até com o vento.
Amores de verão têm relâmpagos, sobressalto, enxurradas e alegrias
mas traz tsunami de surpresa desabando todo euforia.

Deixa erosões e crateras num coração despedaçado
faz da mas rica  pobre donzela de esperança inalcançada
Torna tudo cinza, jardins esquecidos, amores dormidos
acordados de pesadelos presentes e felicidades ausências.

Torna o doce amargo, sorriso fugidio, olhar perdido
esquecimento de abraço, tudo sorvido nesse espaço.

Amor de verão, vai quando chega o outono
esquece e isola-se no inverno, sonha com borboletas
saudosas da primavera... E reinicia-se a veranear.

Absorvido num novo tema que está a forma
nem lembra do verão passado e do amor que deixou a desaguá.

Valquíria Calado

3 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Valquíria! Passando para te cumprimentar e apreciar mais um dos teus belos poemas.

beijos e muita paz pra ti e para os teus.

Furtado.

piedadevieira disse...

Magnífico, amiga! é assim mesmo esse amor de verão, rsrsrs
beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

nem todos os amores de verão são perigosos,alguns ficam para sempre nas nossas memorias.

um beij