Bem vindos!

...............
Mensagens


Tempos idos.
.
Estou tentando descrever o que me corroí a alma
Mas certas palavras não tenho, as erradas represo.
.
São tantos os sentidos, alguns esquecidos em recantos escuros
obstruídos por valores, conceitos e tantas dores.
.
Sem qualquer ação diante desta imensidão eu pacifico meu desejo
Estagno meu calor, sem muito esperar, espero... Horas e horas, espero.
.
Recolho da memória lembranças e esperanças. Corro de volto o tempo
conjurando as frases perdidas, desvalorizadas nas atitudes.
.
Emoções descompromissadas, desprovidas de amor
Egos plenos de vaidades, corpos sedentos de paixão. Vãs emoções!
.
Até quando estarei... E  terei o olhar firmado no horizonte?
Em espera de tempos satisfatórios, de conclusões  definitivas, nada vejo...
.
Bom seria se tivéssemos o tempo a nosso favor, se fosse possível  voltar 
ao exato momento que se formara o furacão, teríamos ido em direção contrária.
.
Mas já não há o que fazer, além de consertar os estragos feitos por nossas mãos
E o tempo a seu tempo faz renascer entre os escombros, flores ofertáveis ao perdão.
.

Valquíria Calado.


5 comentários:

Gisa disse...

Sempre irão renascer as flores.
Um grande post querida amiga.
Um bj no teu coração.

Rosi Alves... disse...

Amei fico por aqui seguindo-te...
beijos lindo final semana!

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo e profundo, um texto que nos envolve.Beijos

Nilson Barcelli disse...

A vida é uma luta contra o tempo...
Magnífico poema, gostei imenso.
Querida amiga Valquíria, tem um bom fim de semana.
Desejo que tenhas um Bom Natal e um ano de 2012 muito feliz, extensível aos que te são mais queridos.
Beijo.

Flip disse...

o tempo... ele rege e comanda nossas vontades, mas, sim, ele tudo repara, mais cedo ou mais tarde, ou talvez nunca, só ele impera, só ele sabe.
Beijinho
Boas Festas
:-)