Bem vindos!

...............
Mensagens

Sempre Florbela Espanca.

Vaidade

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!

Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher todo o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!

Sonho que sou alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!

E quando mais no céu eu vou andando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho... E não sou nada!...
***


Gosto de ti apaixonadamente,
De ti que és a vitória, a salvação,
De ti que me trouxeste pela mão
Até ao brilho desta chama quente.

A tua linda voz de água corrente
Ensinou-me a cantar... e essa canção
Foi ritmo nos meus versos de paixão,
Foi graça no meu peito de descrente.

Bordão a amparar minha cegueira,
Da noite negra o mágico farol,
Cravos rubros a arder numa fogueira.

E eu, que era neste mundo uma vencida,
Ergo a cabeça ao alto, encaro o Sol!
- Águia real, apontas-me a subida!
***


 

Falo de Ti às Pedras das Estradas

Falo de ti às pedras das estradas,
E ao sol que e louro como o teu olhar,
Falo ao rio, que desdobra a faiscar,
Vestidos de princesas e de fadas;

Falo às gaivotas de asas desdobradas,

Lembrando lenços brancos a acenar,
E aos mastros que apunhalam o luar
Na solidão das noites consteladas;

Digo os anseios, os sonhos, os desejos
Donde a tua alma, tonta de vitória,
Levanta ao céu a torre dos meus beijos!

E os meus gritos de amor, cruzando o espaço,
Sobre os brocados fúlgidos da glória,
São astros que me tombam do regaço!
***

 

Meu amor, meu Amado, vê... 

Meu amor, meu Amado, vê... repara:

Pousa os teus lindos olhos de oiro em mim,

- Dos beijos de amor Deus fez-me avara

Para nunca os contares até ao fim.
Meus olhos têm tons de pedra rara
- É só para teu bem que os tenho assim -
E as minhas mãos são fontes de água clara
A cantar sobre a sede de um jardim.
Sou triste como folha ao abandono
Num parque solitário, pelo Outono,
Sobre um lago onde vogam nenúfares...
Deus fez-me atravessar o teu caminho...
- Que contas dás a Deus indo sozinho,
Passando junto a mim, sem me encontrares? -
***


Frémito do meu corpo a procurar-te,
Febre das minhas mãos na tua pele
Que cheira a âmbar, a baunilha e a mel,
Doido anseio dos meus braços a abraçar-te,
Olhos buscando os teus por toda a parte,
Sede de beijos, amargor de fel,
Estonteante fome, áspera e cruel,
Que nada existe que a mitigue e a farte!
E vejo-te tão longe! Sinto a tua alma
Junto da minha, uma lagoa calma,
A dizer-me, a cantar que me não amas…
E o meu coração que tu não sentes,
Vai boiando ao acaso das correntes,
Esquife negro sobre um mar de chamas…
***

O Que Tu És

És aquela que tudo entristece,
Irrita a amargura, tuda humilha;
Aquela a quem a Mágoa chamou filha;
A que aos homens e a Deus nada merece.
Aquela que o sol claro entenebrece,
A que nem sabe a estrada que ora trilha,
Que nem um lindo amor de maravilha
Sequer deslumbra, e ilumina, e aquece!
Mar Morto sem marés nem ondas largas,
A rastejar no chão, como as mendigas,
Todo feito de lágrimas amargas!
És ano que não teve Primavera…
Ah! Não seres como as outras raparigas
Ó Princesa Encantada da Quimera!…
***


                        


 Diz-me, Amor, como Te Sou Querida

Dize-me, amor, como te sou querida,
Conta-me a glória do teu sonho eleito,
Aninha-me a sorrir junto ao teu peito,
Arranca-me dos pântanos da vida.

Embriagada numa estranha lida,
Trago nas mãos o coração desfeito,
Mostra-me a luz, ensina-me o preceito
Que me salve e levante redimida!

Nesta negra cisterna em que me afundo,
Sem quimeras, sem crenças, sem ternura,
Agonia sem fé dum moribundo,

Grito o teu nome numa sede estranha,
Como se fosse, amor, toda a frescura
Das cristalinas águas da montanha!




***








10 comentários:

Zil Mar disse...

Oi querida amiga...que lindeza seu post!

Amei!!!!!!

SUA ESCOLHA FOI PERFEITA!

Bjos e carinho sempre!


Zil

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Sempre, sempre.Valeu,Val. Beijos

Armindo C. Alves disse...

A mesma mensagem, feita de forma diferente e mais actualizada.
Só em direcção a ELE a vida faz sentido.
Um bom fim de semana.

Beijos.

Ingrid disse...

sempre Florbela... adoro os escritos dela..
Linda escolha querida!
beijo e bom findi.

R. disse...

Florbela Espanca é uma excelente escolha. Uma mulher que não cabia em si própria, nem no seu tempo.
Um abraço e a continuação de um ano à medida dos seus sonhos.

ღPat.ღ disse...

Que post mais intenso Mama...

Estamos bem e tu amada? Saudades imensa de ti e queria poder abraçá-la bem forte mama minha.

Deixo um beijo para ti e Sarinha Amada,

Carla Alves disse...

Lindo,lindo,lindo!
esse blog emociona pela sensibilidade da autora em escolher mensagens tocantes,estarei sempre por aqui,obrigada pela visitinha.

Beijos,by Carla

www.blogmeureino.blogspot.com

Mgomes - Santa Cruz disse...

Valquiria: Os meus parabéns pelo teu post, lindo de mais amo a poesia de Florbela Espanca.
Beijos
Santa Cruz

Mari Amorim disse...

Menina,
perfeito!só faltou Fumo.
Bom final de semana,boas energias!Obrigada pelo carinho da visita,Luz!
Mari

Anônimo disse...

imparato molto