Bem vindos!

...............
Mensagens

  Águas de março
 

(Tom Jobim)

É pau, é pedra, é o fim do caminho

É um resto de toco, é um pouco sozinho

É um caco de vidro, é a vida, é o sol

É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol

É peroba no campo, é o nó da madeira

Caingá candeia, é o matita-pereira

É madeira de vento, tombo da ribanceira 
É o mistério profundo, é o queira ou não queira

É o vento ventando, é o fim da ladeira

É a viga, é o vão, festa da cumeeira

É a chuva chovendo, é conversa ribeira

Das águas de março, é o fim da canseira

É o pé, é o chão, é a marcha estradeira 

Passarinho na mao, pedra de atiradeira

É uma ave no céu, é uma ave no chão

É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão

É o fundo do poço, é o fim do caminho

No rosto um desgosto, é um pouco sozinho

É um estepe, é um prego, é uma conta, é um conto

É um pingo pingando, é uma conta, é um ponto

É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando

É a luz da manha, é o tijolo chegando 


É a lenha, é o dia, é o fim da picada

É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada

É o projeto da casa, é o corpo na cama

É o carro enguicado, é a lama, é a lama

É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã

É um resto de mato na luz da manhã

São as águas de março fechando o verão 
 
É a promessa de vida no teu coração

É uma cobra, é um pau, é João, é José

É um espinho na mão, é um corte no pé

São as águas de março fechando o verão

É a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho

É um resto de toco, é um pouco sozinho

É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã 
 


A sempre um barco
na correnteza da esperança
um vento a favor
soprando velas brancas de paz
estrelas a dá direção
luar pra alimentar o amar
e sol de luz
mostrando a terra
fertil
com promessas 
de frutificação.
valquiria
#.#.#
.


13 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Deixemos então que o outono entre em nós,Val. Beijos

Gisa disse...

Há sempre a certeza de que a primavera, tarda, mas irá chegar...
Um grande bj querida amiga

Edna Lima disse...

Amo a nostalgia do outono.
É linda está música.
Bjs Enda.

M. disse...

É bom vir aqui...

E ver-te florir:)

Sônia Brandão disse...

As águas de março se vão e o outono nos sorri.

bjs

Sônia Silvino disse...

Val!
Como ficou linda essa postagem, amiga!
Nossas águas de março chegaram mais cedo esse ano.
Beijos, querida!

Everson Russo disse...

Simplesmente linda essa canção de Tom Jobim,,,beijos querida e um lindo final de semana pra ti.

Ingrid disse...

estar por aqui sempre encanta..
lindo querida!
beijos perfumados

Betty Gaeta disse...

OI Val,
Adoro esta música, ou seria um poema musicado? Só mesmo o Tom para ver poesia no aguaceiro de março.
Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

www.gosto-disto.com

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo post, adorei, assim como a sua companhia.

Bom fim de semana Valquiria.

beijooo.

Sonia Pallone disse...

Um verdadeiro poema, musicado, interpretado e sentido... Um beijo querida.

Lourdes disse...

Olá Valquíria
É linda esta canção do Tom Jobim. Agora que acabou o mês de Março desejo a todos vós um Outono tranquilo.
Beijinhos
Lourdes

Vinicius.C disse...

Olá!!

Não podia ter ficado melhor, gostosos de ler e dançar com os ombros, sintonia perfeita entre canção texto e imagem!

Beijo e um ótimo fds!

Nos encontramos no Alma.